REDE WIFI EM HOSPITAL PROBLEMAS MAIS COMUNS ENCONTRADOS

Uma Rede WiFi é algo dinâmico. Ela flutua ao longo do dia, respondendo a tudo o que ocorre no seu ambiente. À medida que usuários, dispositivos e aplicativos entram e saem da rede, o desempenho da sua rede WiFi é afetado. Isto pode levar a velocidades de download / carregamento mais lentas e, ocasionalmente, a interrupções na rede. 

Compartilhe esta notícia

Um projetista de redes wireless WiFi experiente pode fazer suposições sobre o seu ambiente wireless com base em coisas como a indústria e os usuários médios diários, e projetar uma rede wireless WiFi que seja mais resiliente a essas flutuações. 

 

Mesmo os melhores projetos de rede WiFi podem apresentar problemas de desempenho, por isso você deve ter alguém monitorando a todo o momento e gerenciando seu ambiente wireless.

 

Simples certo? Talvez não. 

Alguns ambientes podem ser mais difíceis de gerenciar do que outros. Fatores como materiais de construção, número de andares e tipos de aplicativos usados ​​variam de acordo com o local e geralmente por setor.

 

Na área hospitalar, por exemplo, é muito comum ter vários andares, paredes de concreto, tetos rebaixados, grande quantidade de dispositivos IoT além de dispositivos pessoais e aplicativos importantes que executam comandos durante o dia e a noite. 

 

Tudo Isso cria um design muito complexo e um ambiente de rede WiFi difícil de gerenciar, que pode ser um grande desafio até para o executivo de TI mais experiente. Imagine tentar solucionar problemas de conectividade em um ambiente com milhares de pontos de acesso em vários andares além de locais, cheios de médicos, enfermeiros e pacientes, contando com uma rede WiFi de boa qualidade para aplicativos que podem ser essenciais para salvar vidas.

 

Conte conosco, pois possuímos mais de 12 anos de experiência em design, implantação e gerenciamento de infraestrutura de TI e aprendemos algumas coisas sobre problemas em rede WiFi e como resolvê-los. 

 

Capacidade de uma Rede WiFi

Um dos maiores determinantes para a colocação de hardware WiFi em qualquer ambiente wireless são as necessidades de capacidade. Se você está projetando para um campus universitário ou um salão de beleza, você precisa considerar onde e quando as pessoas se reúnem em sua área de cobertura ao longo do dia.

 

A única coisa sobre um ambiente de uma rede WiFi hospitalar é que ele é ocupado 24 horas por dia e os horários e a capacidade podem ser imprevisíveis ou difíceis de avaliar.

 

Por esse motivo, é importante pensar em criar uma rede WiFi completa, projetada para acomodar alta densidade em todas as áreas, uma ampla variedade e grande número de dispositivos IoT e wireless além de uma variedade de usuários. 

 

Projetar pensando em alta capacidade é o primeiro passo para criar uma rede WiFi mais fácil de gerenciar. Aqui estão alguns fatores a serem considerados:

 

Alta Densidade

Áreas com a necessidade de alta densidade podem mudar ao longo do dia ou da noite em um ambiente hospitalar. Isto pode acontecer em um piscar de olhos. Enquanto algumas áreas são fáceis de planejar, pois você sabe a capacidade máxima da sala de espera, assim como a estação de enfermeiros é uma área popular para funcionários e até professores se reunirem, assim como a cafeteria fica lotada em vários momentos durante o dia mas outras áreas, como corredores, salas de pacientes e pátios podem ser mais difíceis de prever.

 

Isso torna o gerenciamento da rede WiFi um pesadelo em potencial. Não apenas a flutuação ou a densidade imprevisível dificultam a localização e solução de problemas da rede WiFi, mas também dificultam fisicamente a solução do problema. Nem sempre é fácil gerenciar um ponto de acesso no meio de um corredor movimentado ou da sala de espera movimentada. 

 

Em um ambiente hospitalar, talvez mais importante do que em qualquer outro setor, é essencial projetar a capacidade máxima. Isso garante que, independentemente do caso, o corpo docente, a equipe e os pacientes tenham conectividade wireless confiável e segura. Com isso você garantirá que seus serviços de saúde sejam ótimos e os pacientes tenham o melhor atendimento e experiência possível.

 

Dispositivos WiFi

Outro recurso exclusivo de uma rede WiFi para um ambiente de assistência médica é o grande número de dispositivos wireless que tentam conectar a rede a qualquer momento. A contabilidade de todos esses dispositivos e a certeza de que eles estão se conectando corretamente é um grande desafio para a equipe de TI responsável pelo gerenciamento da rede WiFi. 

 

Leve em consideração também o número de dispositivos e aplicativos relacionados à saúde que foram introduzidos apenas nos últimos dez anos. Embora esses avanços tenham se mostrado inestimáveis, eles também criaram problemas complexos para a tecnologia e gerenciamento de redes WiFi. 

 

Hoje, as infraestruturas de rede WiFi se tornam obsoletas a cada 4 anos. Devido a atualizações de software e novas tecnologias de dispositivo, cujos lançamentos anuais definiram o padrão para a evolução wireless. Na área da saúde, essa reviravolta pode ser ainda mais rápida, à medida que a tecnologia salva-vidas evolui, aparentemente, diariamente.

 

Se já tem mais de 3 ou 4 anos desde que sua rede WiFi foi implantada, há uma boa chance de você ter enfrentado problemas de desempenho wireless. Para não ficar à mercê do número crescente e da qualidade dos dispositivos, é recomendável que você planeje atualizar sua rede wireless a cada 48 meses. 

 

A mais recente tecnologia de W-Fi também inclui muitas novas ferramentas, como sensores de monitoramento de desempenho e feedback em tempo real que melhorarão drasticamente o gerenciamento de WiFi. 

 

IoT – Internet da Coisas

Além dos dispositivos pessoais de pacientes e funcionários, o número de dispositivos de IoT em uso nas instalações médicas cresceu rapidamente. Isto tem colocado muita pressão na TI do hospital que precisa gerenciar a crescente demanda na rede WiFi. 

 

Para contornar esses problemas de gerenciamento, é importante que você planeje o futuro. Se você está preparando um projeto wireless para uma nova instalação ou atualizando uma existente, você deve não apenas planejar o número de usuários e dispositivos em sua rede WiFi, mas também preparar sua rede para os próximos anos.

 

De acordo com a Forbes, a previsão é de que a IoT chegue a 31 bilhões de dispositivos até 2020! Isso é muito. E muitos deles são dispositivos que salvam vidas, comunicação, segurança ou dispositivos de controle ambiental que serão implementados em hospitais e clínicas em todo o mundo. 

 

Se você está atualmente com problemas para gerenciar sua rede WiFi, agora é a hora de melhorar suas condições de Wireless para que você possa acompanhar a crescente demanda de IoT. 

 

Segmentação de Rede

Outro problema com o gerenciamento de redes WiFi hospitalares é como manter todos esses dispositivos, usuários e aplicativos separados. Se você tiver apenas uma rede, todos os seus usuários e dispositivos serão tratados igualmente por seus pontos de acesso e firewalls.

 

O que isto significa? Isso significa que um streaming de vídeo de um visitante na sala de espera está recebendo o mesmo tratamento que a utilização de um médico ou enfermeiro quando estes acessam aplicações de comunicação e salvamento de vidas. O que é mais importante para você?

 

Se isso parece um problema comum, então é hora de introduzir a segmentação. Segmentar seu tráfego em diferentes redes permite que você atribua diferentes permissões a diferentes tipos de usuários e dispositivos. Isso é comumente chamado de controle de acesso baseado em função. 

 

A implementação do RBAC não apenas melhora o desempenho de todos os seus dispositivos wireless, permitindo que você priorize dispositivos importantes como IoT salva vidas ou dispositivos de comunicação da equipe, além de oferece maior segurança para que todos os usuários e informações privadas sejam protegidos.

 

Um engenheiro de projeto wireless experiente pode ajudá-lo a decidir a melhor maneira de segmentar sua rede. A introdução de uma rede WiFi para convidados é uma ótima maneira de manter os dispositivos dos pacientes longe de sua rede principal e de interferir no desempenho dos aplicativos do corpo docente e da equipe, além de fornecer um serviço que ajudará a melhorar a experiência do paciente.

 

Também é prática comum criar uma rede separada para dispositivos IoT, dispositivos de trabalho e dispositivos pessoais de funcionários. Nem todos os ambientes wireless de assistência médica são os mesmos, por isso é importante falar com um engenheiro de projeto de rede WiFi profissional para determinar a melhor opção para sua área de cobertura.

 

Cobertura WiFi

Gerenciar uma rede WiFi hospitalar tem muitos desafios relacionados à capacidade, mas isso é apenas metade da história. Os outros problemas que você pode estar enfrentando na regulação do seu wireless, provavelmente se resume a cobertura.

 

Todo ambiente é diferente. O número de andares e de edifícios podem variar. As necessidades de cobertura para espaços ao ar livre como átrios, refeitórios e pátios precisam ser consideradas. A metragem quadrada e os materiais de construção são grandes fatores para determinar as necessidades de cobertura. Responder a essas perguntas é fundamental para obter o design de rede WiFi correto para sua área de cobertura exclusiva e, por fim, oferecer as melhores chances de gerenciar sua rede wireless com eficiência. 

 

Gerenciar sua área de cobertura corretamente se resume a dois problemas principais:

 

Design de Rede WiFi

Gerenciar uma rede WiFi hospitalar pode ser um processo complexo, pois há muitas coisas importantes a serem consideradas e a área de cobertura é geralmente muito grande. É importante ter planos de piso precisos para ajudar seus engenheiros a projetar uma solução de rede WiFi precisa, que melhorará o gerenciamento de sua rede no futuro.

 

Se você tiver vários prédios em sua rede de hospitais que precisam de cobertura, precisará de informações detalhadas sobre cada um deles para garantir uma conexão de rede confiável para todos os seus usuários e dispositivos ao longo do dia. O número de prédios e andares tem um grande impacto em seu projeto e pode dificultar o gerenciamento, já que pode haver milhares de pontos de acesso em uma grande área. Isso pode dificultar a identificação e a solução de problemas com o WiFi, mesmo para o técnico de TI mais experiente.

 

Roaming 

Outra complexidade de gerenciamento de rede WiFi hospitalar é a necessidade de roaming. Professores, funcionários e pacientes movem-se pelo seu ambiente sem fio, às vezes de forma rápida ou contínua. Isso cria uma alta demanda por seus pontos de acesso, que devem trabalhar juntos para passar de dispositivos de um AP para o próximo à medida que você se desloca pela área de cobertura.

 

Ao projetar sua rede WiFi, é importante ter o número correto de pontos de acesso nos locais corretos para melhorar o roaming e diminuir as chances de problemas de desempenho. Este é o primeiro passo para criar uma rede wireless mais fácil de gerenciar.

 

Cronometragem 

Pode ser a diferença entre amor à primeira vista e desgosto. A diferença entre um gol de placa e um gol contra. A diferença, potencialmente, entre a vida e a morte.

 

Isso cria muita pressão para os gerentes de TI do hospital, que estão enfrentando não apenas as complexidades de gerenciar uma rede WiFi tão grande, mas sob a pressão do tempo. Ter acesso ao software que fornece feedback ao vivo do desempenho do WiFi pode melhorar o gerenciamento do wireless hospitalar. 

 

A solução!!!!

Então, com todos esses problemas comuns enfrentados pela equipe de TI no setor de saúde, você pode estar se perguntando ... O que nós fazemos sobre isso???

 

Nós temos a solução!

Nossos experientes analistas de WiFi coletarão todas as informações importantes sobre o seu ambiente wireless e projetarão uma rede WiFi com base nas suas necessidades de cobertura e capacidade. 

 

Além disso, temos possibilidade de fornecer feedback em tempo real de sua rede WiFi, incluindo informações como análise de presença, para que você possa ver áreas de alta densidade, tipos e números de dispositivos conectados e quem está usando a maior parte da rede.

 

A melhor parte? Tudo isso pode estar disponível por uma assinatura mensal. O WiFi como Serviço inclui hardware, software e serviços gerenciados, tudo em um preço mensal.

Com uma rede WiFi gerenciada, sua equipe de TI terá acesso ao suporte de Nível 2, monitoramento de rede, atualizações de integridade semanais e uma atualização de rede de 48 meses.

 

Quer entender mais? Agende uma reunião com um de nossos especialistas em WiFi, que pode responder a quaisquer dúvidas que você possa ter sobre projetos de redes wireless.

Avalie o artigo:

REDE WIFI EM HOSPITAL PROBLEMAS MAIS COMUNS ENCONTRADOS
  • 5,00 de 5

  • 1 Avaliações
0

Deixe um comentário


0 Comentários