Você já ouviu falar em gêmeo digital? Entenda essa tecnologia em TI

O conceito de gêmeo digital está se tornando cada vez mais popular entre as empresas e é uma das principais tendências tecnológicas atualmente. Apesar disso, muitas pessoas ainda não estão familiarizadas com esse termo e não conhecem suas aplicações, nem os benefícios que a tecnologia pode trazer para os negócios.

Compartilhe esta notícia

Quer entender melhor como funcionam os gêmeos digitais e como eles podem ser aplicados para alcançar melhorias na empresa? Acompanhe a leitura!

 

O que é o gêmeo digital?

Um gêmeo digital pode ser entendido como uma cópia virtual de algo que existe no mundo real, como objetos e processos industriais. Ele é utilizado para simular o comportamento real de produtos, equipamentos, cadeias de produção etc.

 

Tecnologias como o aprendizado de máquina (machine learning) e a Internet das Coisas (IoT)desempenham papéis fundamentais para a criação de gêmeos digitais. Isso porque elas permitem que eles obtenham dados do ambiente físico, por meio de sensores e, ao processarem essas informações, consigam prever o comportamento e o desempenho dos produtos ou processos nos quais foram baseados.

 

Qual é sua relevância para o setor de TI?

A criação de modelos virtuais com a tecnologia dos gêmeos digitais pode trazer muitas vantagens para as empresas. Veja, a seguir, algumas delas.

 

Maior produtividade

O tempo de produção é reduzido pelo uso da tecnologia de gêmeos digitais, o que permite alcançar maior produtividade e melhores lucros. Isso acontece porque é possível testar os produtos antes mesmo que eles fiquem prontos e fazer ajustes com base em informações coletadas e analisadas em tempo real. Isso poupa bastante tempo e otimiza o trabalho das equipes envolvidas no projeto.

 

Aprimoramento de produtos

Com a utilização do gêmeo digital, é possível criar produtos cada vez melhores e que atendam da melhor maneira às expectativas dos consumidores. A possibilidade de fazer testes por meio das cópias virtuais permite obter feedbacks de clientes de forma ágil, bem como ter uma previsibilidade da aceitação do produto no mercado. Assim é possível adaptá-lo em busca da versão ideal.

 

Redução de riscos

A capacidade do gêmeo digital se comportar exatamente como o produto ou processo real permite prever e corrigir possíveis erros antes que eles causem transtornos para o negócio. Isso porque, ao identificar uma falha que ocorreu na cópia virtual, a empresa pode providenciar os ajustes necessários no produto físico antes de finalizar sua produção.

 

Diminuição de custos

A possibilidade de corrigir erros antes de finalizar o produto evita gastos gerados por retrabalhos no processo de fabricação. Além disso, é possível criar um gêmeo digital de um equipamento já existente ou mesmo de uma linha de produção completa.

 

Dessa forma, é possível identificar problemas em equipamentos e fazer manutenções preditivas para evitar problemas futuros, como no caso da GE, que economizou US$ 12 milhões ao fazer ajustes em uma turbina.

 

No caso das linhas de produção, fica mais fácil encontrar gargalos nos processos e otimizá-los com o intuito de economizar recursos.

 

Como você percebeu, o gêmeo digital é uma inovação que ajuda a poupar tempo e dinheiro nas empresas, o que pode aumentar sua competitividade no mercado. Por isso, é preciso estar atento a essa tecnologia e conhecer as aplicações que ela tem em seu ramo de negócio.

 

Você precisa reduzir custos e aumentar a eficiência do setor de TI em sua empresa? Então, saiba quando procurar por empresas que oferecem outsourcing de TI!

Avalie o artigo:

Você já ouviu falar em gêmeo digital? Entenda essa tecnologia em TI
  • 0,00 de 5

  • 0 Avaliações
0

Deixe um comentário


0 Comentários