Controle de acesso biométrico, você sabe o que é? Saiba mais!

Você já ouviu falar em controle de acesso biométrico? A tecnologia avança a passos largos, e quando falamos em segurança da informação, esse desenvolvimento acontece cada vez mais rápido.

Compartilhe esta notícia

É fácil de entender essa preocupação: o número de ataques visando ao roubo de dados vem crescendo todos os anos e novas formas de investidas surgem continuamente para prejudicar as empresas.

 

Com isso, novas tecnologias são desenvolvidas e aplicadas, com o objetivo de barrar esses ataques e, assim, garantir a segurança dos dados e da rede corporativa. Uma delas é o controle de acesso biométrico.

 

Não se preocupe caso você ainda não tenha ouvido falar sobre o assunto, pois vamos explicar tudo neste post. Boa leitura!

 

O que é controle de acesso biométrico

Você provavelmente já viu em algum filme ou seriado a seguinte cena: leitores supermodernos lançam um laser e fazem a leitura de retina de alguém para permitir o seu acesso a algum ambiente ou a alguma informação.

 

Todas as pessoas têm características únicas, como a sua digital ou a retina de seus olhos, que não podem ser replicadas.

 

O controle de acesso biométrico nada mais é que um conjunto tecnológico formado por um hardware, que permite captar informações do ambiente, como a sua digital, e um software, que armazena as informações únicas de identidade.

 

Esse conjunto tem um funcionamento muito simples: ao cadastrar uma pessoa com base em uma de suas características biométricas, apenas com a leitura correta ela poderá ter acesso a uma determinada área ou a dados específicos.

 

Esse tipo de controle é muito mais eficaz que o uso de senhas, por exemplo, que podem ser roubadas ou até mesmo "emprestadas", prejudicando os controles de acesso e colocando em risco as operações da empresa.

Locais mais indicados para sua aplicação

Por mais que, em um primeiro momento, possamos pensar na aplicação de uma tecnologia como essa apenas para barrar pessoas não autorizadas na frente de uma porta, o controle biométrico também pode nos proporcionar segurança em áreas diversas e combater outras vulnerabilidades.

 

Uma evolução recente é o cadastro biométrico dos eleitores realizado pelo Governo, com o intuito de garantir ainda mais confiabilidade ao processo eleitoral e evitar qualquer tipo de fraude, uma vez que é preciso realizar a identificação biométrica para liberar a cabine de votação.

 

Outra utilização possível é em um terminal de trabalho, para permitir que apenas determinados colaboradores tenham acesso às informações sigilosas da empresa. Dessa forma, evita-se ao máximo o roubo de dados, uma vez que estão todos criptografados e o acesso só é permitido por meio de identificação biométrica.

 

Alguns celulares já contam com a tecnologia, que evita que seus dados sejam visualizados em caso de perda ou roubo do aparelho, garantindo, assim, a segurança das informações pessoais.

 

Outra aplicação é na realização de compras em lojas. Algumas varejistas realizam o cadastro biométrico para evitar fraudes, como em compras realizadas por falsários com informações roubadas de outros consumidores.

 

É claro que não podemos descartar também o uso clássico do controle de acesso: garantir a segurança de alguns ambientes nos quais é proibido a entrada de pessoas sem autorização.

 

Principais vantagens dessa tecnologia

Os controles de acesso por meio de dados biométricos traz uma série de vantagens para as empresas que os adotam. Entre os principais benefícios, podemos citar os seguintes:

 

Garantir acesso restrito

Em empresas que realizam o controle de acesso a determinadas áreas, um uso comum é o de senhas ou até mesmo de crachás com tarjas magnéticas, o que confere certa segurança a essas ações.

 

O problema aqui é que senhas podem ser descobertas e crachás roubados. Com isso, mesmo que sua empresa invista altas somas na segurança do seu local de trabalho, ele sempre estará sujeito a falhas humanas.

 

Já com o uso de uma solução de controle biométrico, não há com o que se preocupar, uma vez que o invasor não terá como descobrir a senha ou roubar as informações biométricas do colaborador. Apenas as pessoas cadastradas e com permissão poderão acessar determinadas áreas.

 

Diminuir o risco de clonagem

O risco de entrada de pessoas não autorizadas em um determinado ambiente é zero, uma vez que não existe nenhuma forma de clonagem das características biométricas de outro colaborador.

 

Ou seja, dentro do software de controle, você poderá saber exatamente quem adentrou ou deixou um recinto, com a hora exata do evento, sem o risco de que tenha sido outro colaborador.

 

Armazenar informações

Os sistemas de controle biométrico possibilitam armazenar diversos dados, como data e hora da entrada e saída de funcionários em cada um dos ambientes controlados, com a criação de um histórico.

 

Sendo assim, caso ocorra qualquer tipo de vazamento de informações em um local ou outro tipo de situação que demande a identificação das pessoas presentes, é possível recorrer ao sistema de controle biométrico para ter essa informação.

 

Integrar-se com outras tecnologias

É possível também realizar a convergência da tecnologia de controle de acesso biométrico com outras soluções para potencializar ainda mais a segurança do ambiente de trabalho.

 

Por exemplo, ao integrar as informações de acesso em um ambiente de computação em nuvem, pode-se ter acesso de qualquer lugar, ganhando em controle e mobilidade.

 

Outra possibilidade é integrar o sistema de controle de acesso biométrico a dispositivos móveis, obtendo informações em tempo real sobre movimentos de entrada e saída dos colaboradores de ambientes controlados.

 

Evitar a perda de senhas

Algo comum em empresas que realizam o controle de acesso de seus colaboradores por meio de senhas é a perda delas ou até mesmo o seu esquecimento. Isso representa um risco à segurança da organização, pois pessoas não autorizadas podem ter acesso a esse dado.

 

Como não há necessidade de memorização no caso do controle biométrico, extingue-se essa possibilidade e se garante uma maior segurança sobre os ambientes monitorados pelo sistema.

 

O controle de acesso biométrico é uma grande evolução para garantir a proteção de ambientes e informações sigilosas da empresa, e optar por aplicar essa tecnologia em sua empresa é a melhor decisão. O ideal é buscar por uma consultoria em TI para ajudar você nessa empreitada.

 

O que você achou deste post? Gostou? Então compartilhe-o agora mesmo com seus colegas e amigos nas redes sociais!

Avalie o artigo:

Controle de acesso biométrico, você sabe o que é? Saiba mais!
  • 5,00 de 5

  • 1 Avaliações
0

Deixe um comentário


1 Comentários