Migração para cloud: entenda como fazer com esses 7 passos

Realizar a migração para cloud é a melhor forma de utilizar os recursos de uma empresa, evitando gastos desnecessários em infraestrutura de TI que possam inviabilizar o negócio.

 

As tecnologias baseadas em nuvem permitem que pequenas e médias empresas possam investir em soluções que antes estavam acessíveis apenas a grandes corporações, garantindo assim melhores resultados na gestão.

Compartilhe esta notícia

Neste post, vamos listar um passo a passo para que você possa realiza uma migração para cloud de forma simples e segura, evitando frustrações e erros durante o processo. Confira!

 

1. Reconheça suas demandas

O primeiro passo é reconhecer quais são as demandas de sua empresa com relação a sistemas e processos, pois antes mesmo de buscar por uma solução, é preciso entender o problema que se pretende enfrentar.

 

É preciso listar todos as atividades realizadas em sua empresa, e quais são as necessidades de cada processo em termos de tecnologia e armazenamento de dados.

 

2. Defina o que será migrado

Nesse reconhecimento inicial, também poderá ser determinado o que pode ser migrado para soluções em nuvem e quais os sistemas devem ser mantidos de forma interna.

 

Boa parte das empresas que optam pela nuvem mantém algumas soluções in loco, geralmente as que possuem os chamados dados sensíveis, pelos quais a organização possui um maior zelo.

 

3. Crie etapas de migração

Realizar a migração para nuvem de uma vez só pode ser uma má estratégia. É preciso lembrar de que a melhor opção é determinar uma série de etapas para que o processo seja bem-sucedido.

 

Assim, completa-se uma etapa por vez, realizando todo o controle e monitoramento para verificar se os objetivos de cada fase estão sendo alcançados e, caso precise, sejam tomadas as providências necessárias.

 

Isso garante que todo o processo de migração para a nuvem possa ser realizado de forma muito mais confiável e controlada. Podem ser criadas diversas etapas para todo o processo.

 

4. Escolha o modelo adequado de serviço

O modelo de computação em nuvem evoluiu em três serviços básicos que podem ser implementados em uma empresa de acordo com suas necessidades. A diferenciação está em como o gestor controla o hardware arrendado.

 

Nuvem pública

Esse é o modelo mais comum de serviços de cloud computing. Os recursos são compartilhados entre diversos usuários, garantindo assim a redução de custos para todos.

 

Modelos de nuvem pública proporcionam pouco controle sobre hardware de servidores e configurações em geral. Políticas de privacidade e segurança de aplicações, por exemplo, ficam a cargo do fornecedor.

 

Nuvem privada

A nuvem privada surgiu com a necessidade de manter um controle maior sobre o hardware da infraestrutura. Nesse modelo, é possível realizar a compra da infraestrutura e montar um servidor remoto.

 

Aqui, a empresa é responsável por realizar todas as atualizações de hardware e software necessárias. Ganha-se a mobilidade entregue por soluções em nuvem, mas os custos são mais altos.

 

Nuvem híbrida

A nuvem híbrida incorpora características de ambos os modelos anteriores e pode ser criada com a integração de sistemas em nuvem privada e pública, garantindo maior controle sobre dados sensíveis e economia no processamento de informações comuns.

 

Esse modelo tem sido um dos mais procurados nos últimos tempos pela maioria das empresas que buscam economizar, mas, ainda assim, querem manter um maior controle sobre parte de seus dados.

 

5. Escolha um bom fornecedor

Assim como escolher o tipo de nuvem, é preciso muita atenção na hora de buscar por um fornecedor no mercado. São diversas empresas que fornecem serviços de cloud, porém, nem todas elas podem ser confiáveis.

 

É preciso verificar como o serviço é prestado, quais são os termos para o atendimento em caso de problemas e buscar por referências dentre os atuais clientes.

 

6. Treine os funcionários para a nova realidade

Antes mesmo de realizar a migração, é preciso investir no treinamento dos seus colaboradores, visando o alcance do sucesso do processo e evitando que seus funcionários não se adaptem ao novo sistema.

 

Quanto mais você buscar adequar seus colaboradores aos softwares em nuvem, demostrando todas as suas vantagens para o seu trabalho, mais rápida será a migração.

 

7. Atente-se à segurança

Outro ponto muito importante na hora de realizar a migração é verificar os requisitos de segurança. Com a crescente onda de ataques por parte de hackers e cibercriminosos, é preciso, cada vez mais, buscar soluções seguras.

 

Atente-se às políticas de segurança apresentadas pelos fornecedores e verifique se estão de acordo com as principais normas internacionais e com as suas diretrizes de proteção da informação.

 

Quais as vantagens da migração

São várias as vantagens que sua empresa pode alcançar ao decidir migrar seus serviços e sistemas para a nuvem. Vamos listar algumas das principais:

  • controle de custos ─ com a utilização da nuvem não há necessidade de investir altos valores em infraestrutura;
  • foco em projetos e processos ─ ao terceirizar as rotinas básicas de TI como backup, sua equipe poderá focar em atividades críticas;
  • escalabilidade ─ os servidores em nuvem permitem escalar os serviços de acordo com a demanda de forma rápida e simples;
  • mobilidade ─ serviços em nuvem podem ser acessados de qualquer lugar com internet.

 

Como ter melhores resultados

Realizar uma migração completa para a nuvem demanda um conhecimento específico por se tratar de uma atividade complexa. É preciso contar com um know-how construído por meio da participação de diversos projetos como esse.

 

Para ter sucesso, o ideal é contar com uma empresa especializada em migração para a nuvem. Por meio de uma consultoria, sua empresa pode ter acesso a profissionais com ampla experiência, facilitando todo o processo.

 

Contar com uma consultoria na hora de realizar a migração para cloud permite que sua equipe possa contar com as melhores soluções em nuvem para as suas demandas, além de um planejamento especializado de todas as etapas.

 

A migração para cloud é o futuro do mundo empresarial. Cada vez mais negócios já perceberam isso e estão em busca de ferramentas para iniciar suas atividades em nuvem o quanto antes.

 

A Xtech Solutions é uma empresa de consultoria voltada para pequenas e médias empresas e busca encontrar as melhores soluções para os seus clientes. Entre em contato conosco agora mesmo e veja o que podemos fazer por você!

Avalie o artigo:

Migração para cloud: entenda como fazer com esses 7 passos
  • 5,00 de 5

  • 1 Avaliações
0

Deixe um comentário


0 Comentários